Taxas de JuroNeste artigo vamos falar das diferentes taxas de juro e desmistificar as duas taxas de juro mais importantes: a TAEG e a Euribor.

O que é afinal a taxa de juro? A definição mais básica é a seguinte: a taxa de juro é o custo do dinheiro, é quanto custa quando pedimos dinheiro emprestado. As duas taxas de juro que temos de entender são a Euribor e a TAEG.

A Euribor é a taxa de juro mais importante na europa e determina a taxa de juro base para muitos empréstimos para a habitação. A TAEG é a taxa de juros que é utilizada para comparar diferentes créditos pessoais.

Taxa Anual Efectiva TAN

A taxa anual efectiva é uma taxa de juro que serve principalmente para comparar créditos à habitação. Na TAE está incluída a taxa de juros nominal do contrato, a frequência de pagamento das prestações e os encargos do empréstimo. Esta taxa é um bom indicador para comparar diferentes créditos de habitação pois tem todos os encargos e custos associados com o empréstimo.

Taxa Anual Efectiva Global TAEG

A taxa anual efectiva global ou TAEG serve para mostrar qual o custo total de um crédito ao consumo (crédito pessoal). O valor da TAEG é uma percentagem que dá o valor total dos custos anuais de um crédito pessoal. Esta taxa incorpora todas as despesas de cobrança, pagamento de juros e outros encargos como os impostos, imposto do selo, comissões e seguros.

Esta taxa existe somente em Portugal e foi feita para todos os consumidores que fazem um crédito pessoal. Cada vez mais portugueses fazem créditos pessoais e faltava transparencia neste mercado. A publicidade enganosa dos bancos fez com que muitas pessoas fizessem a escolha errada nos créditos pessoais, aumentando ainda mais o seu endividamento. Desta forma você pode comparar com facilidade todos os créditos pessoais, o que tiver uma TAEG mais baixa é o melhor crédito. Não se deixe enganar pela publicidade complexa que só mostra as vantagens, o mais correcto e mais simples é olhar para a TAEG e fazer um crédito de curta duração.

A TAEG serve principalmente para o crédito pessoal mas pode ser utilizada para comparar outros tipos de crédito. Quando procuramos um cartão de crédito podemos utilizar esta taxa para fazer comparações.

A diferença entre a TAE e a TAEG é que a esta inclui os custos e impostos associados com o contrato de crédito.

Taxa de Juro Euribor

A taxa Euribor é a taxa do mercado monetário interbancário europeu. Esta taxa de juros é baseada na média das taxas de juros dos principais bancos europeus que emprestam dinheiro entre si na zona Euro. Para quem tem um crédito à habitação esta taxa é importante porque a taxa de juro do seu banco é na maioria dos casos baseada na taxa Euribor. A evolução da taxa Euribor tem impacto na quantidade de juros que os consumidores pagam nos seus créditos. Se a taxa Euribor sobe, você paga mais juros. Quando a taxa desce você paga menos juros.

Para mais informações sobre taxas de juro e esclarecimentos de dúvidas não hesite em deixar um comentário.

2 comentários »

  1. Esta postagem é bastante esclarecedora, e o que mais me cativou foi a sua simplicidade. Agradeço imenso. Quanto mais não seja, marquei o seu blogue nos meus favoritos. Boa, não?

    Outra coisa: estou em vias de ingressar no ensino superior e pedir um empréstimo. No entanto, estou num dilema: Uma vez que as prestações dependem de duas taxas de juro – uma através do Euribor (essa taxa é para mim algo de irrisório, pois acredito que não se deve arriscar – mesmo para habitação – em um crédito que depende de variações da cotação (memória auxiliar: Nota indicativa dos preços por que se compram ou oferecem mercadorias, papéis de crédito, títulos) e outra, como dizia, através de uma Taxa Fixa. Deveremos ter em conta, portanto, uma Taxa Anual Efectiva Global de 6%?

    Jorge.

    Ps: o meu comentário neste “Blogue” é uma mera brincadeira. No entanto felicito-o pela simplicidade do conteúdo.

    Comentário by Jorge — July 9, 2010 @ 5:15 pm

  2. Obrigado pela explicação.
    Gostei especialmente de saber que a TAEG foi criada por nós, para nós. É um bom exemplo da falta de informação sobre o sector junto do consumidor final.
    Se todos os que procuram crédito visitassem esta página, talvez Portugal estivesse um bocadinho melhor.

    Comentário by Luís Portas — October 31, 2010 @ 1:21 pm

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Deixar um comentário